Tags

, ,

df

Este é o primeiro post do Projeto Coqueteis Clássicos.
Neste projeto explicarei o que se espera de certos coqueteis clássicos e o que os definem.
Além disso, ao longo desta série de posts serão introduzidas diversas técnicas básicas da coquetelaria.

Decidi começar pelo Old Fashioned por ser o coquetel da maneira como foi definida esta palavra. Antigamente coquetel era uma única classe de bebidas, como definida em 1806 no jornal The Balance and Columbian Repository um cocktail é uma bebida mista composta de açúcar, água, destilado e bitters.

1. DEFINIÇÃO:

Temos então a definição de um Cocktail (Old Fashioned):

1. Destilado;

2. Açúcar;

3. Água;

4. Bitters;

5. Servido gelado, on-the-rocks em um copo baixo.

2. INGREDIENTES:

1. Destilado: o que se espera deste coquetel é um Whiskey Americano, em geral um Bourbon envelhecido, marcas disponíveis no Brasil são: Wild Turkey, Evans Williams, Jim Beam e Jack Daniel’s;

2. Açúcar: Presente na forma de Simple Syrup*, o açúcar serve apenas para suavizar o bitter e realçar o sabor do destilado base;

3. Água: a água utilizada é a necessária para diluir o açúcar. Neste coquetel não cabe uma grande quantidade de água, água com gás ou qualquer refrigerante.;

4. Bitters: uma bebida amarga e aromática feita por infusão de diversas ervas, especiarias e cascas amargas em álcool. Serve para adicionar complexidade e ligar as camadas de sabor presentes em um coquetel, a marca mais conhecida e acessível no Brasil é a Angostura. É a bebida que diferenciava o cocktail de outras bebidas mistas.

3. Receita

Old Fashioned

1 colher de sopa Simple Syrup

2oz (60mL) Whiskey Bourbon

3 dashes** Angostura Bitters

Casca de laranja

Coloque uma colher de sopa (5mL) de Simple Syrup no fundo de um copo On-the-rocks, adicione 3 dashes de bitters.

A seguir complete seu copo com gelo em cubos, misture. Adicione mais gelo, o Whiskey e misture novamente. Decore com uma casca de laranja, espremendo a parte colorida dentro do copo.***

4. Considerações Finais

Note o ingrediente “secreto”, a casca de laranja, o aroma da fruta elava todo o coquetel, trazendo as notas doces do destilado e complementando as notas de especiaria do bitter.

Repare também a proporção de açúcar para Whiskey, 5mL contra 60mL, ou seja, para cada parte de Syrup, temos 12partes de destilado, bem como 3 dashes de bitter.

Outro grande segredo deste coquetel é a textura, um xarope mais rico é obtido utilizando mais açúcar e usando-o resfriado.

Outro ponto importante é o tamanho do copo em que a bebida será servida, temos menos de 90mL de coquetel pronto…

Espero que este artigo sirva para entusiastas, iniciantes e profissionais mais vividos.

Os coqueteis clássicos são a base para outros coqueteis e é de suma importância a compreensão dos conceitos e técnicas básicas para se fazer bons coqueteis.

Um clássico bem executado reflete um bartender consciente e com domínio da coquetelaria.

Saúde!

*Simple Syrup (Xarope simple, xarope de açúcar)

1 parte de água
2 partes de açúcar
Misture até dissolver todo o açúcar, não há necessidade de levar ao forno. Esta receita gera um xarope mais consistente, ideal para este tipo de coquetel, por adicionar textura.Conserve em geladeira por duas semanas.

** Para fazer um dash, vire a garrafa 90°. Em geral, 2 dashes correspondem a 1mL

*** Vídeo de como fazer o “zest” de laranja: https://www.youtube.com/watch?v=PZuhSnkx5xs