Tags

, , , ,

11006054_10152717652877844_1651698730_n

Acredite ou não está foto não foi patrocinada.

O Gin Tônica é um de muitos coqueteis simples e deliciosos conhecidos como Highballs.

Contudo, como todo coquetel clássico, sua simplicidade é sua perdição.

Seja por culpa de um gelo ruim, um copo do tamanho errado, tônica quente ou um Gin de péssima qualidade este coquetel simples é, em geral, mal feito.

1. DEFINIÇÃO:

A definição de um Highball é:

1. Destilado;

2. Bebida não-alcoólica;

3. Limão (opcional);

4. Servido em copo longo com gelo.

2. INGREDIENTES:

1. Destilado: No caso do Gin Tônica usa-se um bom London Dry Gin. Lembre-se sempre que um coquetel feito com ingredientes de baixa qualidade será um coquetel de baixa qualidade;

2. Bebida não-alcoólica: No caso do Gin Tônica usa-se água tônica. Leia sempre os ingredientes e procure por uma água tônica que use quinino de verdade. Quinino é o composto natural que dá o amargor e sabor característico da tônica e a deixa brilhando na luz negra. Como todo mundo gosta de uma bebida que pisca, procure uma tônica que tenha de fato quinino.;

3. Limão: limão tahiti é o limão mais comum em highballs. Usado muitas vezes de garnish pode ser parte da receita também;

4. Servido em copo longo com gelo: O gelo do copo é novo e o mais inteiro e seco possível.

3. Receita

GIN TÔNICA

1 partes de Gin

1/8 parte de limão (opcional)

3 partes de Água Tônica

Garnish: 1 gomo de limão

Em um copo (previamente gelado) completo com gelo e adicione os ingredientes (gelados) na ordem descrita. Misture levemente para integrar o refrigerante ao destilado.

4. Considerações Finais

É de total importância a temperatura neste coquetel. Como o coquetel é montado direto no copo o gelo não tem muita motivação para resfriar a bebida.

E o primeiro gole de um coquetel é sempre importantíssimo!

Outro motivo para ter sua tônica gelada é que o gás carbônico dissolve melhor em baixas temperaturas. Ou seja, mais bolhas pro seu coquetel.

Só jogue o limão no copo se você já o tiver espremido.

Não faça seu cliente ter que pescar o limão para espremer…

Espero que este artigo sirva para entusiastas, iniciantes e profissionais mais vividos.

Os coqueteis clássicos são a base para outros coqueteis e é de suma importância a compreensão dos conceitos e técnicas básicas para se fazer bons coqueteis.

Um clássico bem executado reflete um bartender consciente e com domínio da coquetelaria.

Saúde!

Leia também sobre outros coqueteis clássicos:

Old Fashioned – Projeto Coqueteis Clássicos

Mint Julep – Projeto Coqueteis Clássicos

Manhattan – Projeto Coqueteis Clássicos

Dry Martini – Projeto Coqueteis Clássicos

Daiquiri – Projeto Coqueteis Clássicos

Caipirinha – Projeto Coqueteis Clássicos

Margarita – Projeto Coqueteis Clássicos

Sidecar – Projeto Coqueteis Clássicos

Whisky Sour – Projeto Coqueteis Clássicos

Cosmopolitan – Projeto Coqueteis Clássicos

Tom Collins – Projeto Coqueteis Clássicos

Mojito – Projeto Coqueteis Clássicos